Dicas úteis

COMO ESCOLHER UM ESTABILIZADOR DE TENSÃO - escolhendo um estabilizador de tensão para uma casa e um apartamento, o que é melhor

Para escolher um estabilizador de tensão para uma casa de campo, apartamento ou chalé de verão, considere até os menores detalhes.

Para cada dispositivo ou um para toda a sala?

  • Confiável - quando há um dispositivo separado para cada dispositivo. Mas não é prático.
  • Se a tensão “pula” regularmente e você precisa proteger muitos aparelhos elétricos, é racional instalar um estabilizador comum para toda a casa. Ele sairá mais economicamente, embora não seja tão confiável.

Uma opção segura é usar vários dispositivos de controle.

  • Para proteger a casa, instale um dispositivo poderoso, mas menos preciso.
  • Para equipamentos sensíveis a flutuações, conecte adicionalmente estabilizadores individuais.

Monofásico ou trifásico?

A escolha depende do tipo de rede que você possui e da potência dos aparelhos elétricos.

  • Se a rede for monofásica (220V), compre um regulador de tensão monofásico.
  • Com uma rede trifásica (380 V) e com a presença dos fogões elétricos e outros equipamentos mais potentes, observe mais de perto um aparelho trifásico ou três monofásicos.

Na prática, é mais fácil operar com três controladores monofásicos. Se a tensão desaparecer em uma das fases, o dispositivo trifásico irá desenergizar a casa. Isso não vai acontecer com três jogos separados.

Como calcular a potência de um regulador de tensão?

Para obter 220 V estáveis, descubra por si mesmo dois indicadores importantes - a tensão mínima na rede e a potência total dos aparelhos elétricos da casa.

  • A tensão é medida à noite - na hora dos picos de carga.
  • Some a potência dos aparelhos elétricos levando em consideração as correntes de pico. Sua potência nominal está indicada no passaporte, nas instruções de operação ou no painel traseiro dos aparelhos. Considere o poder de um refrigerador, TV, aquecedor de água em funcionamento constante. E aqueles que você usa de vez em quando - um ferro, uma chaleira elétrica, um secador de cabelo. Se for uma casa particular, leve em consideração os consumidores de energia localizados no local - iluminação pública, portão elétrico, irrigação.

No momento da partida, os motores elétricos consomem de 3 a 6 vezes mais energia do que mais tarde no trabalho. Ao escolher um estabilizador para geladeira, ar condicionado ou bomba d'água, fique à vontade para multiplicar a potência indicada naqueles. passaporte, três ou mais.

A potência do estabilizador que você escolheu não deve ser inferior ao valor calculado. Ao escolher, forneça uma reserva de energia de 20%. Obtenha o desempenho de que você precisa para usar novos aparelhos.

Quão importante é a precisão?

A precisão da estabilização é tão importante quanto o cálculo correto da potência. Ao escolher um dispositivo para um equipamento específico, consulte as instruções de operação para a variação de tensão permitida. Para equipamentos complexos e caros, a precisão deve ser alta, o desvio deve ser de 1-3%. Para dispositivos simples, é menos - 5-10% do spread.

Qual estabilizador é melhor: montado na parede ou no chão?

Os modelos com dobradiças são mais compactos, mas seus preços são mais altos. Os de chão não são tão fáceis de usar devido às suas dimensões impressionantes, mas custam menos. Qual comprar - determine de acordo com suas preferências pessoais e o tamanho da sala.

O princípio de funcionamento de qualquer tipo de regulador é o mesmo: recebendo uma determinada tensão da rede elétrica, o dispositivo comuta as espiras do transformador embutido nele e estabiliza a tensão de saída.

Eletrônico, relé ou servo?

Servo estabilizadores regulam a tensão de saída usando eletromecânica - um servo motor controla um controle deslizante que se move ao longo das voltas do transformador.

Prós:

  • ampla faixa de regulação (de 150 a 250 V),
  • suavidade de trabalho,
  • precisão de manter a tensão de saída,
  • a compactação do próprio dispositivo.

Desvantagens:

  • componentes mecânicos se desgastam rapidamente,
  • precisam de manutenção e reparos regulares a cada um ano e meio a dois anos.

Os modelos do tipo relé trocam os enrolamentos do transformador usando relés eletromagnéticos. Eles são eficazes para pequenas flutuações de tensão, mas não garantem alta precisão de saída.

Prós:

  • baixo custo.

Desvantagens:

  • operação de longo prazo,
  • vida útil limitada. Em média, um relé de tensão pode suportar até 40 mil operações. O suficiente para cerca de 300-500 dias de trabalho.

Os estabilizadores eletrônicos (tiristor e triac) são confiáveis ​​e modernos. As seções (enrolamentos) do transformador são comutadas automaticamente por meio de chaves eletrônicas.

Prós:

  • a resposta mais rápida a quedas de tensão (20-30 ms),
  • trabalhe silenciosamente,
  • durável.

Desvantagens:

  • Preço Alto.

Nota: "Como escolher uma lâmpada LED"

Descubra mais sobre os modelos de piso na visão geral