Dicas úteis

A MELHOR PASTA DE DENTES PARA BRANCOS - qual escolher que melhor branqueia os dentes

Digamos de imediato: uma boa pasta de clareamento não cancela as visitas ao dentista. A cor dos dentes depende da cor da dentina, que fica sob o esmalte, e a pasta clareadora não chega até ela. Afeta apenas a placa e a película orgânica (película) que recobre o dente.

Escolher o creme dental clareador mais eficaz será fácil se você compreender os ingredientes listados na embalagem. Existem dois tipos de fórmulas de clareamento:

  • baseado em enzimas e ácidos em combinação com abrasivos;
  • com extratos de ervas e componentes.

Os abrasivos são pequenas partículas minerais que limpam mecanicamente o esmalte dos dentes. Comumente usados ​​são os compostos de silício sob o nome geral de sílica, carbonatos e soda. A sílica é uma opção mais suave. Carbonatos e refrigerantes podem causar microdanos ao esmalte, que se tornará uma porta de entrada para cáries ou acumulará restos de comida. Assim, negando os resultados do clareamento.

As avaliações dos usuários são quase unânimes: as formulações com enzimas naturais tornam-se mais brancas. Eles contêm papaína, uma enzima produzida a partir do mamão. Ele quebra a estrutura proteica da placa, tornando o esmalte mais fácil de limpar e polir bem. 1-2 tons de clareamento podem ser obtidos em uma a duas semanas de escovação. Esses produtos são seguros para gengivas e esmalte e são adequados para quem tem sensibilidade dentária e muitas obturações.

Qual pasta de dente é melhor para clarear os dentes

A pasta clareadora é necessária para fumantes inveterados e amantes do café. E também para quem já fez o clareamento profissional em uma clínica odontológica e quer manter o seu resultado por mais tempo.

O peróxido de ureia (peróxido de carbamida) e o peróxido de hidrogênio (peróxido de hidrogênio) podem ser usados ​​como alvejantes. Eles realmente branqueiam após uma semana de escovação regular. Os dentes são iluminados por oxigênio atômico, que é liberado de peróxidos sob a influência da saliva. Penetrando na camada superficial do esmalte, o oxigênio destrói os pigmentos escuros e, portanto, os ilumina.

Mas há um ponto negativo: o esmalte é gradualmente destruído sob a influência de peróxidos. Torna-se poroso, devido ao qual a matéria corante do café e da fumaça do cigarro se instala nele mais rápido e mais forte.

Mais perigoso do que os peróxidos é o dióxido de titânio. Segundo pesquisas, suas nanopartículas branqueiam bem, mas afetam negativamente o corpo, provocando o desenvolvimento do câncer. Boas pastas de branqueamento não devem conter este composto.

Certifique-se de pedir recomendações ao seu dentista sobre a escolha de uma pasta de dentes. Após o exame, ele orientará qual é a melhor opção para clarear melhor, de acordo com o estado dos seus dentes.

Como escolher a pasta de dente certa

Antes de escolher um bom creme dental, estude sua RDA (Abrasividade Relativa da Dentina). Quanto mais alto, mais as partículas danificam o esmalte:

  • 15-25 RDA - para dentes muito sensíveis com abrasão aumentada do esmalte;
  • 50-80 RDA - todos os dias para dentes normais;
  • 80 RDA e acima - pode ser limpo duas a três vezes por semana.

Artigo útil: "Como escolher uma escova de dentes elétrica"