Dicas úteis

Como escolher o medidor certo

Como escolher um glicosímetro

O medidor é projetado para automonitoramento diário dos níveis de açúcar no sangue. É parte integrante de todo kit para diabéticos. A norma de glicose em crianças menores de 14 anos é 3,33 - 5,55 mol / l, em adultos, a norma de glicose no sangue é 3,89 - 5,83 mol / l, a partir dos 60 anos o nível de glicose normalmente sobe para 6,38 mol / l. Se o nível de açúcar no sangue cair abaixo de 3,5 mol / L, o processo é chamado de hipoglicemia.

Aqueles com diabetes tipo 1 e recebendo terapia intensiva com insulina devem fazer monitoramento de glicose de 24 horas. As medições são feitas com o estômago vazio, antes de cada refeição principal, 90-120 minutos após cada refeição principal, antes de deitar e, adicionalmente, dependendo das indicações, às 24h00 e às 3h00. Observe que, dependendo dos resultados, os pacientes devem alterar a dose de insulina.

Pacientes que sofrem de diabetes tipo 2 são tratados com dieta. Eles também precisam monitorar seus níveis de glicose pelo menos uma vez por mês. Isso inclui medir seu nível de glicose pela manhã com o estômago vazio, 2 horas após cada refeição principal e antes de dormir. Se, junto com a dieta, o paciente receber tratamento antidiabético com medicamentos orais, o nível de glicose é monitorado uma vez por semana. Se esse paciente receber insulina, recomenda-se realizar 1-2 medições diárias de glicose, uma vez por semana e um controle diário completo mensal.

Embora existam muitos medidores de glicose no sangue no mercado ucraniano, nem todos os medidores de açúcar no sangue são iguais. Não há diferença fundamental entre glicosímetro de fabricantes diferentes. Ao mesmo tempo, eles diferem no tipo e no número de recursos que oferecem. Para encontrar o medidor que melhor se adapta às suas necessidades e estilo de vida, reserve alguns minutos para ler este artigo e pergunte-se o seguinte:

1. O tamanho do medidor é importante para você?

A maioria desses dispositivos é pequena: eles têm um comprimento de 3 a 4 cm e variam em peso (50-100 gramas). Se você vai carregar seu medidor em uma bolsa ou mochila, o tamanho não importa. Mas se você vai carregá-lo no bolso, ou precisa que caiba em uma carteira pequena, as dimensões do aparelho devem ser levadas em consideração. No entanto, deve-se notar que o medidor pequeno também tem uma tela muito pequena. Portanto, se sua visão não for perfeita, um pequeno medidor não é a melhor escolha. Se você tem uma visão muito ruim, também pode olhar para medidores de glicose no sangue projetados especificamente para pessoas cegas ou com deficiência visual. Eles são grandes, com telas retroiluminadas e recursos de áudio que falam com os resultados do teste.

2. Quanto sangue é necessário para análise?

Nos modelos mais recentes de glicosímetro, a análise requer apenas 0,3 μl (microlitro) de sangue (esse é o volume que pode caber na ponta da agulha). Embora a maioria dos medidores de glicose no sangue use 1,0 μL ou menos de sangue, há alguns que exigem um pouco mais para obter leituras mais precisas. Na minha opinião, a quantidade de sangue a ser testada deve ser um fator importante na escolha do medidor, principalmente para crianças. Nesse caso, quanto menos sangue, melhor.

3. Qual é a memória interna do monitor de glicose?

A maioria dos medidores de glicose no sangue modernos tem memória interna que permite armazenar suas medições. Alguns modelos têm um tamanho mínimo de memória (de 10 a 125 testes). A maioria dos medidores de glicose no sangue pode armazenar entre 250 e 500 testes.Por exemplo, o medidor LifeScan One Touch Ultra Easy tem a capacidade de armazenar até 500 testes na memória. Alguns dispositivos podem mostrar estatísticas para um determinado período de tempo (semana, mês) e exibir o valor médio.

4. O medidor está se comunicando com um computador ou outro dispositivo?

Este recurso adicional ajudará aqueles que gostam de armazenar e processar informações eletronicamente. Com a ajuda de um programa especial, todos os dados do medidor podem ser baixados para o seu computador doméstico e analisados. Um programa especial usa os dados do medidor para construir tabelas, gráficos e diagramas.

5. Qual é o método de análise e calibração do resultado?

Os glicosímetros modernos medem os níveis de açúcar em diferentes ambientes: no sangue ou no plasma sanguíneo. Isso se deve aos diferentes padrões adotados nos países importadores dos aparelhos. Se o dispositivo tiver calibração de plasma sanguíneo, a partir de uma gota de sangue de um dedo (sangue capilar), o dispositivo recalculará automaticamente o resultado de acordo com o valor do plasma sanguíneo (análise de sangue de uma veia). Como o açúcar no sangue total é menor do que no plasma, veremos a diferença entre os testes de laboratório no hospital e nossas próprias medições. Para obter um resultado de sangue total, divida o resultado de plasma por 1,11. Assim, para navegar corretamente nas leituras do medidor, é importante, na hora da compra, ter clareza sobre o ambiente em que o seu medidor está calibrado.

6. Quanto custam o medidor e as tiras de teste?

O custo é um fator importante em qualquer compra. Alguns medidores estão disponíveis gratuitamente por meio de programas de intercâmbio. Em qualquer caso, se um endocrinologista recomendou a compra deste dispositivo, não se apresse em ir à farmácia, pois os preços nas farmácias são significativamente mais elevados do que nas lojas online.

Os modelos mais recentes possuem telas OLED que são claras e nítidas sob a luz solar intensa ou uma função de calculadora opcional.

Lembre-se de que cada dispositivo tem um erro máximo de até 10-20%. Por esse motivo, os medidores de glicose no sangue não devem ser usados ​​para diagnosticar diabetes mellitus. Não é possível diagnosticar diabetes com base na análise de glicose no dedo.

O que mais você precisa considerar ao usar medidores de glicose no sangue? A determinação da glicose pode estar incorreta como resultado de:

usando tiras de teste expiradas;

erros na codificação das tiras de teste;

o uso de desinfetantes (álcool, sabonete, cremes, etc.);

alta concentração de vitamina C no corpo (superestima o resultado);

diminuição ou aumento da temperatura e umidade (cada medidor é calibrado sob condições atmosféricas específicas);

baixa temperatura no local da punção (é melhor aquecer os dedos gelados em água morna ou massagear levemente, o que facilitará o fluxo sanguíneo);

medidas de outras partes das mãos do que as pontas dos dedos (use uma caneta especial para punção, melhor).

Usando essas dicas, você pode minimizar os erros de medição com seu medidor. Observe que o medidor, quando usado corretamente, é uma ferramenta essencial no controle do diabetes.

Assim, usando tudo o que foi exposto acima, agora você compreenderá facilmente o grande fluxo de informações que os fabricantes de glicosímetros modernos fornecem hoje, tentando embelezar seus produtos de várias maneiras. O conhecimento adquirido o ajudará a escolher a opção mais adequada de um glicosímetro de alta qualidade para obter as informações necessárias sobre sua saúde.